A primeira impressão

No meu dia a dia tenho diversas responsabilidades e uma delas prende-se com a gestão de recursos humanos, desde o seu recrutamento até à sua gestão diária. Nada de diferente da vida de muitos gestores e responsáveis de empresas onde cada departamento tem o cuidado de assumir a responsabilidade da gestão de recursos humanos mais próxima.

Um fato para a entrevistaEu pessoalmente tenho um grave problema (assumo desde já publicamente que para mim é crítico e grave), sempre que tenho de passar por um processo de recrutamento sofro desmesuradamente com as abordagens que sou alvo, direta e indiretamente, e dos currículos que me chegam. Agradeço à tecnologia a capacidade de criar plataformas de gestão deste tipo de processo, que me leva a ter um maior afastamento e que não me faz provocar alergia a cada passo que tenho de dar.

As abordagens eu consigo sempre gerir, pois estou seguro do processo claro e simples criado pela empresa onde trabalho e que me permite assegurar que qualquer escolha que venha a ser feita é validada por diversas pessoas. O que me é difícil é a quantidade de erros que recebo nas candidaturas, por isso escrevo este pequeno post.

Por favor, se pretende candidatar-se a qualquer oportunidade de emprego, tenha em atenção coisas tão simples como:

  • Carta de Apresentação: esta serve para expressar o seu interesse e reforçar a suas mais valias, por isso reveja caso a caso. Não envie a mesma carta de apresentação para todas as oportunidades, porque quem vê cvs percebe logo que é uma fábrica de envios e é posto logo de lado!
  • Se existem links é para usar: cada vez mais é possível encontrar anúncios online que têm links por onde deve concorrer. Não perca tempo a conhecer a empresa e a procurar quem é o responsável, quando tem um processo claro por onde deve candidatar-se. Isso incomoda e tira-lhe possibilidade de poder ser selecionado!
  • Conheça a empresa para onde concorre: Tal como os dois anteriores, é importante conhecer a empresa, perceber os seus valores para poder criar um processo de candidatura personalizado e atraente para que está a recrutar.
  • Reveja mil vezes o currículo e carta de apresentação: Isto nunca é demais, pois erros gramaticais e gafes de terminologia ou engano no nome da empresa é suficiente para ficar de fora de um processo.
  • Cuide-se antes da entrevista: Tal como tem cuidado no que veste para impressionar e passar uma imagem de profissionalismo na entrevista, também o deve fazer com a imagem que coloca no currículo, pois é essa a primeira vez que o recrutador/a vai ter contacto visual consigo
  • Seja um bom contador de histórias: Saiba ter uma história para contar e que (não entretenha) traduza claramente quem é e o que pode fazer pela empresa em que se vai candidatar.

 

Um destes dias escrevo só sobre como se preparar e comportar em ambiente de entrevista, para já fica no primeiro contacto e impressão que pode deixar a uma empresa .

 

Deixe o seu comentário